Transformação digital no serviço: uma ação de primeira ordem

A transformação digital está cada vez mais em pauta nas empresas, em especial neste momento de pandemia. Com as políticas de isolamento social e fechamento temporário de unidades físicas das empresas, percebeu-se que o investimento em tecnologia é uma ação de primeira ordem.

Não há dúvida de que quem já tinha uma estrutura digital sólida conseguiu mais resultados positivos ao implementar a TD. Mas vale salientar que não se trata apenas de trazer novas tecnologias e inseri-las nos processos da empresa, mas de realmente promover uma mudança significativa em toda a companhia – dos colaboradores às ferramentas utilizadas, é preciso transformar a todos.

Por que investir em transformação digital?

Cada vez mais as empresas veem a TD como essencial e intrínseca em seus processos. Hoje, essa transformação é sinônimo de estar à frente no mercado e se manter inserido no contexto tecnológico que está se desenhando. Isso porque a tecnologia, nos mais diversos setores da economia, promove uma competitividade ainda maior.

Além disso, com um consumidor exigente, que demanda atenção a todo momento, é preciso se adaptar para estar onde ele está e oferecer o que ele precisa, de forma rápida, prática e assertiva. Cada vez mais a experiência do usuário é determinante para o fechamento de uma venda ou para estabelecer uma boa relação com o cliente.

Um pequeno exemplo de como a transformação digital é essencial veio de uma pesquisa da Cisco, que mostrou que a Internet das Coisas (IoT) representa uma oportunidade de US$ 1,9 trilhão para o setor industrial como um todo.

Agora imagine em um contexto mais amplo, os ganhos envolvem redução de custos e erros, aumento da produtividade, resposta rápida a inovações do mercado, operações mais dinâmicas e assertivas, mais tempo e equipe destinada a ações estratégicas, além de um olhar de gestão analítica, focado em melhorias nas operações.

Separamos alguns pontos importantes para quem deseja começar ou dar continuidade à implementação da TD nas práticas empresariais como um todo. Confira:

4 pontos essenciais da transformação digital

1-     A transformação digital começa pelo humano

Quando se fala em transformação digital, é comum associar o termo ao investimento em novas tecnologias, em softwares de gestão, em inteligência artificial etc. Todos esses pontos fazem parte da transformação, mas não se pode esquecer do principal, o ser humano.

O início da TD deve estar nos recursos humanos que fazem parte da organização. As empresas precisam desenvolver uma cultura voltada para o digital, envolvendo e engajando os colaboradores para que eles utilizem as novas tecnologias e percebam os ganhos de performance.

Isso porque essa transformação vai muito além de investir e implantar novas tecnologias, é também um desafio de gestão. Isso inclui investimento em treinamentos do time para que desenvolvam novas habilidades, pautadas nas necessidades atuais, mudanças na cultura organizacional e de mindset, para que todos estejam inseridos nesse novo contexto.

É por isso que criar uma cultura digital é tão relevante, para que todos estejam dispostos a realizar os trabalhos de acordo com os objetivos da empresa e oferecer toda a infraestrutura para garantir essa evolução sólida.

2 – Sistema de gestão e gestão de apoio

Deve-se entender que a transformação digital está relacionada a processos contínuos e que precisa de recursos tecnológicos estruturados para se desenvolver.

Isso exige um novo modelo de negócios, pautado na tecnologia e no uso de ferramentas com foco no meio digital que podem de fato transformar o dia a dia da empresa. Essa mudança também demanda muito estudo de mercado e da própria área de atuação da companhia, antes de ser colocada em prática. Além disso, é preciso analisar também os próprios processos e de que forma eles podem ser de fato transformados.

Com os sistemas de gestão ligados à inteligência artificial, é possível otimizar e facilitar processos do dia a dia, para que a companhia garanta a lucratividade e a rentabilidade dos negócios, bem como uma equipe focada no core business, com um olhar estratégico em soluções e melhorias que agreguem ao time e aos clientes.

Leia também: SAP S/4 HANA: O que você precisa saber sobre esse sistema

2. Conectividade e disponibilidade

Processos de gestão mais modernos com a transformação digital dependem da adoção de ferramentas de cloud computing, para que os conhecimentos não estejam somente dentro da organização, mas sim voltados para toda a cadeia de negócio.

Os softwares de gestão em nuvem, portanto, são extremamente relevantes, já que possibilitam o acesso às informações de trabalho a qualquer hora e em qualquer local em que os colaboradores, clientes e fornecedores estiverem.

Em uma empresa na qual a transformação digital está consolidada, os processos ocorrem com disponibilidade e segurança. Como se trabalha muito com dados, eles precisam ser totalmente protegidos, o que é essencial para que não ocorram vazamentos e sejam cumpridas as legislações de fiscalização, como a recente Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Vale lembrar que os parceiros de negócios, assim como os clientes, também estão em qualquer local e demandam informações a todo o tempo. Mais uma vez vemos a importância da conectividade e disponibilidade, encontrada nos sistemas em nuvem, bem como a segurança que esses processos demandam.

3. Infraestrutura e armazenamento de dados

Mesmo com a adoção de serviços de cloud computing, a infraestrutura de conectividade, armazenamento de dados e processamento de informações ainda é algo muito importante para as empresas que caminham para a transformação digital.

Implementar a tecnologia RPA para automatizar atividades repetitivas feitas por humanos, como preenchimento de cadastros e lançamentos de notas fiscais, traz redução de custos e alta produtividade.

Tudo é feito com muito mais praticidade, agilidade e com menos falhas, além de proporcionar satisfação do colaborador que pode focar em ações estratégicas para o negócio

Além disso, com ferramentas de Big Data e Business Intelligence é possível processar inúmeros dados internos e externos, não só para análises de negócio, mas para promover um cenário mais automatizado, com tomadas de decisão precisas.

Mudanças provocadas pela TD

A transformação digital é uma ação de primeira ordem nas empresas do segmento de serviços. E as mudanças positivas provocadas por ela já podem ser vistas nos mais diferentes setores da sociedade, como saúde e segurança, além das companhias como um todo.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos? Continue acompanhando o nosso blog.


Ultimas Notícias: